O papel da Zidovudina na erradicação da transmissão vertical da SIDA

Main Authors: Vieira dos Santos, Jucimary, Batista de Carvalho, Luís A. E., Pina, María E. S. R. T.
Format: Artículo Revision
Language: Portugues
Published: 2008
Series: Latin American Journal of Pharmacy
vol. 27, no. 2
Subjects:
Online Access: http://sedici.unlp.edu.ar/handle/10915/7620
http://www.latamjpharm.org/trabajos/27/2/LAJOP_27_2_5_1_834S0J98U5.pdf
Table of Contents:
  • Nos últimos anos, a infecção pelo vírus da imunodeficiência adquirida tem vindo a constituir um problema de saúde pública em muitos países. A transmissão vertical da infecção pelo HIV pode começar no útero, durante o parto ou após o nascimento da criança. O nosso objectivo é apresentar uma visão geral sobre a função da zidovudina (AZT) evidenciando a sua capacidade como um potente inibidor da replicação do HIV. National Institutes of Health apresentou informações sobre o Protocolo 076 demonstrando que o uso da zidovudina reduziu a transmissão do HIV. O AZT pode reduzir o risco tanto da transmissão vertical pelo decréscimo da carga viral ou como um profilático na exposição ao vírus, pela inibição da replicação do vírus em crianças. A SIDA infantil é uma infecção crónica que precisa de ser avaliada continuamente no impacto do HIV na pediatria e no desenvolvimento de novas estratégias para prevenção e cuidados com os doentes.
  • Human Immunodeficiency Virus (HIV) infection has become a major public health problem in many countries at the last years. Vertical transmission of HIV infection can take place in utero, during delivery and postnatal. We aim to provide an overview that zidovudine (AZT) has been shown to be an inhibitor of HIV replication. National Institutes of Health announced the findings of the AIDS Clinical Trials Group Study relatively to use of the antiretroviral drug zidovudine as reducing perinatal transmission of HIV. Zidovudine may reduce the risk of vertical transmission both by decreasing maternal viral load, and by inhibiting viral replication in the infant as a post-exposure prophylaxis. Paediatric AIDS is a chronic infection that needs to continue be evaluated clinical, epidemiologic in the impact of paediatric HIV disease.
  • Colegio de Farmacéuticos de la Provincia de Buenos Aires