O povo xavante e a formação dos novos guerreiros o sistema educativo e a educação escolar indígena no Brasil

Main Authors: Hirsch, Silvia, Bruna, Franchetto, Russo de Souza, Kelly Cristina
Format: Tesis
Language: Portugues
Published: Buenos Aires: FLACSO. Sede Académica Argentina 2006-06-01
Subjects:
Online Access: http://hdl.handle.net/10469/1041
http://biblioteca.clacso.edu.ar/gsdl/cgi-bin/library.cgi?a=d&c=ar/ar-020&d=104691041oai
Table of Contents:
  • Este estudo procura discutir como tem sido desenvolvido o programa de Educação Escolar Indígena Diferenciada Específica Bilíngüe Intercultural no Brasil, a partir de duas perspectivas simultâneas: uma global, que insere o programa na história do sistema educativo brasileiro e este por sua vez, no contexto latino-americano, e outra local, com a realização de trabalho de campo junto a um povo indígena em particular, a população de etnia Xavante, existente no Território Indígena Pimentel Barbosa, localizada no estado de Mato Grosso, região central do país. Ao propor um estudo sobre a educação indígena que concilie uma visão macro e micro-política, refiro-me a inserção da análise de um caso particular em um contexto mais amplo, estrutural, a partir da sociologia da educação, e por outro lado, não deixar de utilizar ferramentas provenientes da antropologia, como a etnografia, para analisar o cotidiano onde se dá essa prática. Com essas informações pretendo ampliar os debates já existentes no campo educativo brasileiro, sobre questões como a produção de identidades, a cultura e a gramática escolar e principalmente, como a diversidade e a interculturalidade têm sido incluídas no sistema de educação nacional.