O povo xavante e a formação dos novos guerreiros o sistema educativo e a educação escolar indígena no Brasil

Main Authors: Hirsch, Silvia, Bruna, Franchetto, Russo de Souza, Kelly Cristina
Format: Tesis
Language: Portugues
Published: Buenos Aires: FLACSO. Sede Académica Argentina 2006-06-01
Subjects:
Online Access: http://hdl.handle.net/10469/1041
http://biblioteca.clacso.edu.ar/gsdl/cgi-bin/library.cgi?a=d&c=ar/ar-020&d=104691041oai
building CLACSO
institution Red de Bibliotecas Virtuales de Ciencias Sociales (CLACSO)
id CLACSO--oai:clacso:ar_ar-020:104691041oai
author Hirsch, Silvia
Bruna, Franchetto
Russo de Souza, Kelly Cristina
spellingShingle Hirsch, Silvia
Bruna, Franchetto
Russo de Souza, Kelly Cristina
SISTEMA EDUCATIVO
EDUCACIÓN BÁSICA
ABORÍGENES
EDUCACIÓN BILINGÜE
EDUCACIÓN INTERCULTURAL
MINORÍAS ÉTNICAS
BRASIL
MATO GROSSO
O povo xavante e a formação dos novos guerreiros o sistema educativo e a educação escolar indígena no Brasil
Este estudo procura discutir como tem sido desenvolvido o programa de Educação Escolar Indígena Diferenciada Específica Bilíngüe Intercultural no Brasil, a partir de duas perspectivas simultâneas: uma global, que insere o programa na história do sistema educativo brasileiro e este por sua vez, no contexto latino-americano, e outra local, com a realização de trabalho de campo junto a um povo indígena em particular, a população de etnia Xavante, existente no Território Indígena Pimentel Barbosa, localizada no estado de Mato Grosso, região central do país. Ao propor um estudo sobre a educação indígena que concilie uma visão macro e micro-política, refiro-me a inserção da análise de um caso particular em um contexto mais amplo, estrutural, a partir da sociologia da educação, e por outro lado, não deixar de utilizar ferramentas provenientes da antropologia, como a etnografia, para analisar o cotidiano onde se dá essa prática. Com essas informações pretendo ampliar os debates já existentes no campo educativo brasileiro, sobre questões como a produção de identidades, a cultura e a gramática escolar e principalmente, como a diversidade e a interculturalidade têm sido incluídas no sistema de educação nacional.
topic SISTEMA EDUCATIVO
EDUCACIÓN BÁSICA
ABORÍGENES
EDUCACIÓN BILINGÜE
EDUCACIÓN INTERCULTURAL
MINORÍAS ÉTNICAS
BRASIL
MATO GROSSO
topic_facet SISTEMA EDUCATIVO
EDUCACIÓN BÁSICA
ABORÍGENES
EDUCACIÓN BILINGÜE
EDUCACIÓN INTERCULTURAL
MINORÍAS ÉTNICAS
BRASIL
MATO GROSSO
title O povo xavante e a formação dos novos guerreiros o sistema educativo e a educação escolar indígena no Brasil
title_full O povo xavante e a formação dos novos guerreiros o sistema educativo e a educação escolar indígena no Brasil
title_fullStr O povo xavante e a formação dos novos guerreiros o sistema educativo e a educação escolar indígena no Brasil
title_full_unstemmed O povo xavante e a formação dos novos guerreiros o sistema educativo e a educação escolar indígena no Brasil
title_short O povo xavante e a formação dos novos guerreiros o sistema educativo e a educação escolar indígena no Brasil
publisher Buenos Aires: FLACSO. Sede Académica Argentina
contents Este estudo procura discutir como tem sido desenvolvido o programa de Educação Escolar Indígena Diferenciada Específica Bilíngüe Intercultural no Brasil, a partir de duas perspectivas simultâneas: uma global, que insere o programa na história do sistema educativo brasileiro e este por sua vez, no contexto latino-americano, e outra local, com a realização de trabalho de campo junto a um povo indígena em particular, a população de etnia Xavante, existente no Território Indígena Pimentel Barbosa, localizada no estado de Mato Grosso, região central do país. Ao propor um estudo sobre a educação indígena que concilie uma visão macro e micro-política, refiro-me a inserção da análise de um caso particular em um contexto mais amplo, estrutural, a partir da sociologia da educação, e por outro lado, não deixar de utilizar ferramentas provenientes da antropologia, como a etnografia, para analisar o cotidiano onde se dá essa prática. Com essas informações pretendo ampliar os debates já existentes no campo educativo brasileiro, sobre questões como a produção de identidades, a cultura e a gramática escolar e principalmente, como a diversidade e a interculturalidade têm sido incluídas no sistema de educação nacional.
url http://hdl.handle.net/10469/1041
http://biblioteca.clacso.edu.ar/gsdl/cgi-bin/library.cgi?a=d&c=ar/ar-020&d=104691041oai
format Tesis
genre Tesis
genre_facet Tesis
era 2006
era_facet 2006
publishDate 2006-06-01
language Portugues
_version_ 1649610920647720960
score 13,038644